Address

São Pedro do Estoril, 2765-098 Estoril, Portugal

Contact

Follow

©2018 by Rita Sambado

A supressão como uma forma de criar a doença

May 3, 2016

Não há doença, que não tenha na sua base alguma espécie de supressão. A supressão é uma forma de nos desligarmos para conseguirmos pertencer, para conseguirmos ser aceites, para mantermos uma “aparente” paz. Tudo isto são não verdades para nós; pedaços que necessitamos ignorar para conseguirmos, (achamos nós), sobreviver.

 

 

Quando suprimimos , quando não libertamos, quando não expressamos a nossa vontade, estamos a calar, a abafar, a restringir partes de nós. E isso traduz-se em resistência, em energia estagnada no nosso corpo. Prolongado no tempo traduz-se em doença. Começamos a ter partes de nós que não queremos estar a deixar viver e que naturalmente iniciam um processo de desintegração. 

 

Não é nova a temática da influência psico-somática na doença. Também não é novo o impacto do stress. Talvez não seja tão falada a supressão. Porque é socialmente aprovada, porque é mais passiva, porque é diversas vezes entendida como boa.

Acredito plenamente que uma das razões da nossa vivência como humanos é a nossa expressão e que portanto, sob qualquer circunstância deve a mesma ser relevada para segundo plano.

 

Cada vez mais, em cada doença, em cada paciente que me aparece, eu consigo ver um padrão, consigo encontrar uma raiz, um comportamento de supressão que claramente é facilitador da manifestação da doença.

 

Se quiseres ir um pouco mais fundo nesta exploração, estas questões podem-te ajudar.

# que tipo de situações costumas suprimir?

# de quão longe vem essa tendência?

# consegues encontrar alguma possível ligação entre o tipo de doenças que tens e a supressão que fazes?

 

PS - Se te pudermos ajudar, através das nossas sessões individuais, envia-nos por favor uma mensagem. Conhecemos o processo e para nós, é um gosto enorme, poder contribuir para a tua libertação. 

 

Please reload

Our Recent Posts

Please reload

Archive

Please reload

Tags

Please reload